domingo, 30 de dezembro de 2012

Nós seremos amor

Se fossemos medo
Qual seríamos?

corpos ainda jovens se queimam ao sol
com meus ossos de chumbo eu imortalizo
e a pele branca a perfeição se chega
O segredo em um gole
qual seria?
quando a boca se cala
haverá saliva
quando não houver distância
um toque
da inercia
ao movimento
sussurre
grite
ame

Nenhum comentário:

Postar um comentário