terça-feira, 7 de maio de 2013

Por esses dias

Amaciar meus ossos
ao pó que exala
não querer por perto
tantas horas de um dia
bueiro nas pernas
momentânea vida
motor na caixa óssea
dando partida na lágrima
sufoca a primeira
deixe a segunda misturar
copo vazio em mãos
olhos mortos caindo
tínhamos tempo certo
foi querer ter perto
se foi para longe os nós

Nenhum comentário:

Postar um comentário