segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Cenas do paraíso (04/10/2008)

Ei!
Não se mexa!!!
latiam alto como cachorros
muro grafitado de negro
um círculo e três traços
ele correu
correu
correu
em vão olhar para trás
passos em em 3-d
ligeiros no asfalto
o engatilhar das armas
sendo enfiados nos ouvidos
o primeiro disparo
o segundo disparo
o terceiro...
do ombro o sangue saiu quente
pregou os olhos no fim
logo atravessaram todo o corpo
CAÍDO!!!
Seis em volta dele
com cuturnos bem engraxados
riram alto enquanto a vida saía
em borrões vermelhos sob o sol
um tira a queima roupa fazendo-a em pedaços
morto...
morto...
MORTO

Nenhum comentário:

Postar um comentário