domingo, 29 de dezembro de 2013

Gaiola

Se eu pudesse
escolheria ser um pássaro desdenha do peso do tempo
e não fingi com mais de um

Nenhum comentário:

Postar um comentário